coloque aqui seu e-mail para seguir este blog

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013






O RIO DE JANEIRO CONTINUA LINDO


Sonho de um Carnaval
Carnaval, desengano
Deixei a dor em casa me esperando
E brinquei e gritei e fui vestido de rei
Quarta-feira sempre desce o pano
Carnaval, desengano
Essa morena me deixou sonhando
Mão na mão, pé no chão
E hoje nem lembra não
Quarta-feira sempre desce o pano
Era uma canção, um só cordão
E uma vontade
De tomar a mão
De cada irmão pela cidade
No carnaval, esperança
Que gente longe viva na lembrança
Que gente triste possa entrar na dança
Que gente grande saiba ser criança

            Estive No Rio de Janeiro no carnaval. O rio de Janeiro continua lindo, mas está muito sujo e fedorento.

            Os cariocas tomam quantidades assombrosas de cerveja e se desapertam na rua mesmo. Embora o ato de urinar na rua seja crime punível com detenção, o hábito, antigo, deve ser irresistível. A Prefeitura Municipal colocou banheiros químicos nos locais de passagem de blocos, que estão cada vez mais numerosos, mas imagino que esses banheiros devem ficar lotados e anti-higiênicos até o fim da noite.

            O renascimento dos blocos de rua me parece ser resposta ao carnaval industrializado e pasteurizado da Sapucaí. Ele é livre e divertido. As músicas são sempre as mesmas, com jardineiras, pierrôs e tudo, Entretanto, agora os blocos tem carro de som. Deve ser intervenção de algum baiano.

            Mas quarta feira sempre desce o pano.


Nenhum comentário:

Postar um comentário