coloque aqui seu e-mail para seguir este blog

domingo, 10 de março de 2013




Jorginho Guinle
               
     Jorginho Guinle nunca trabalhou na vida. Também não precisava. Sua família era proprietária do Copacabana Palace. Como tinha tempo e charme, foi faturando as deusas de Hollywood enquanto hospedavam-se no Copa. Também faturou outras moças menos votadas, no intervalo.

Viveu sustentado pelos pais até a morte deles. A partir daí, fez um cálculo do tempo de vida que lhe restava e dividiu sua herança pelos anos faltantes.

        Mas a vida foi madrasta com Jorginho Guinle. Ele acabou vivendo mais do que o tempo que previra e ficou pobre. Pobre para um Guinle, naturalmente. Foi salvo por amigos que o ampararam financeiramente durante o resto de seus dias.

        Com isso conseguiu chegar à morte condignamente. Nada como ter ricos amigos ricos.

Um comentário:

  1. jorginho Guinle nos lembra aquele personagem do Somerset Maugham em o conto -O comedor de lódão-

    ResponderExcluir