coloque aqui seu e-mail para seguir este blog

segunda-feira, 4 de março de 2013






VIVA O GÊNIO 2
         
        Aquilo que intui no artigo Viva o Gênio, acaba de ser confirmado pela ciência. A revista Época desta semana traz matéria que mostra que estudos do cérebro humano botaram por terra o princípio de Sigmund Freud, de que o inconsciente é reprimido pelo consciente. Na verdade, o inconsciente é o dono da festa. Chegou-se a essa conclusão através de estudos biológicos. A parte consciente, que ocupa 10% do cérebro não pode sozinha, processar todo o material que circula por ali. São quantidades imensas de sinapses por segundo, congestionando o tráfego do consciente que, nesse momento, é salvo pelo inconsciente.

         Por isso, vivemos sob o mando do inconsciente. A ideia de que controlamos nossa vida é pura ilusão.

         Assim, aquele desejo de matar nosso próximo é mais real do que imaginamos. O que nos segura, a nós, brasileiros, do crime, são freios sociais e legais e a ausência de um instrumento de matar disponível. Isso, em parte, explica crimes em sequência, nos Estados Unidos. Lá, eles têm acesso a todo o tipo de arma de fogo. Ponto para a campanha de desarmamento brasileira. Porque boa parte dos homicídios é causada por motivos fúteis, sob o efeito de álcool ou outras drogas.

         Então é isso. Somos motivados por paixões egoístas e cruéis. Por isso mata-se tanto e se pratica tanta crueldade. A tecnologia ajuda no morticínio. Antes, para abater um inimigo era preciso brandir uma pesada espada, ensopando-se de sangue e correndo o risco de também ser morto.

         Hoje assassinamos inimigos à distância de milhares de quilômetros, sentados confortavelmente em uma poltrona. A tecnologia fez justamente isso, nos afastar de maneira conveniente da pessoa que vamos matar.

         Finalmente, a surpresa das surpresas. 0 estudo demonstrou, também, que é o inconsciente que é evolutivo e não o consciente. Isso nos dá alguma esperança.  Talvez em um futuro distante nosso inconsciente passe a se comportar mais civilizadamente. E, com isso, nosso desmoralizado consciente corra atrás.


2 comentários:

  1. Muito bem. Ainda bem que temos bons inconscientes como o do Chico Buarque, por exemplo, que criam boas coisas. Os maus inconscientes estão espalhados entre os políticos. Esses parecem não ter mais jeito.

    ResponderExcluir
  2. Velho KID - Ótimo comentário. Devo lembrar porém que o inconsciente de Chico às vezes o trai, principalmente quando quer fazer política.
    Obrigado

    ResponderExcluir