coloque aqui seu e-mail para seguir este blog

terça-feira, 16 de outubro de 2012



blogue do zeca



A REALIDADE, INTERVALO COMERCIAL

        
Conheço uma pessoa que pede para os amigos ligarem durante o intervalo. Isso significa que, para ela, que se gruda na Globo desde Malhação até Avenida Brasil. intervalo é o Jornal Nacional.

         Estranhamente, mas não muito. O intervalo é justamente a hora em que a Globo sai da ficção e transmite realidade.

         Agora que perdemos uma grande amiga, resolvi pensar o que é mesmo nossa vida. E pensando bem, nossa vida é isso mesmo. Vivemos em um mundo de fantasia, cortado, às vezes bruscamente, pela realidade.

         A fantasia, que nos é dada generosamente pelos meios de comunicação, permite sonhar um mundo em que os bons sempre vencem, a justiça impera (olha só o sucesso da novela mensalão) e sempre há happy end.

         A realidade, bem é aquela chatice que envolve trabalho, rotinas, relações com pessoas às vezes desagradáveis, enfim, a vida e a morte. Por que não, então, nos refugiarmos na ficção?

         A fantasia é uma droga, maléfica como qualquer outra droga, mas está aí, disponível, por que não pegar? A gente sabe que vicia é tem o maldito intervalo. Mas nesta luta inglória, não é melhor mesmo jogar a toalha e curti uma boa novela da Globo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário