coloque aqui seu e-mail para seguir este blog

quarta-feira, 11 de abril de 2012





PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DE POESIA

Aquele gesto amigo do teu braço
Que traça o rumo às órbitas imensas

Meus passos são mendigos
Das tuas caminhadas
Ao rumor de teus pés,
Abre-se a terra em fontes milagrosas


Moreira das Neves (1906 a 1992) poeta português em Mendigo de Deus, do livro Tempo de Orar

Nenhum comentário:

Postar um comentário